fertilidade – tratamento da infertilidade

A infertilidade define-se como incapacidade de engravidar após um ano de relações sexuais desprotegidas.

É considerada pela organização mundial de saúde (OMS) como um doença e, por isso, deve ser abordada coma tal.

Ao confrontar-se com essa dificuldade, o casal fica sujeito a uma enorme tensão emocional. O próprio tratamento, muitas vezes longo e penoso, gera grande ansiedade.

Felizmente, os progressos da ciência no campo da medicina da reprodução conseguidos nos últimos anos, seja nos tratamentos médicos, cirúrgicos e nas técnicas de reprodução assistida, têm permitido que a maioria dos casais inférteis consiga resolver o seu problema.

Na COGE – Clínica da Santa Casa de Espinho, em ambiente de conforto e privacidade, com a ajuda de profissionais com longa experiência no campo do tratamento da infertilidade, pode esclarecer as suas dúvidas e realizar de forma integrada vários exames diagnósticos – ecografia, histeroscopia e laparoscopia diagnósticas, espermograma.

Os longos anos de experiência da COGE – Clínica da Santa Casa de Espinho nesta área de especialização, permitiu a recente certificação da sua unidade de procriação medicamente assistida.

A COGE – Clínica da Santa Casa de Espinho disponibiliza tratamentos médicos, cirúrgicos e técnicas de Procriação Medicamente Assistida (PMA):

Tratamento Médico:

  • conselhos e medidas higieno-dietéticas;
  • indução da ovulação;
  • Tratamento Cirúrgico:

  • histeroscopia (tratamento de malformações uterinas, exerese de pólipos ou miomas);
  • laparoscopia (tratamento de endometriose, síndrome de ovário poliquístico, patologia das trompas);
  • Procriação Medicamente Assistida (PMA):

  • inseminação intra-uterina (IIU);
  • fertilização in Vitro(FIV);
  • microinjecção intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI);
  • criopreservação de gâmetas;
  • criopreservação embriões;
  • A COGE – Clínica da Santa Casa de Espinho dispõe de gâmetas masculinos de dador para tratamento de infertilidade masculina grave.